Eco-cozinheiros

O objetivo dos eco-cozinheiros é incentivar a confeção de alimentos pelas crianças e jovens.

As eco-ementas selecionadas são convidadas a integrar as provas regionais em que os alunos, com a supervisão dos professores, terão de cozinhar ao vivo as ementas propostas. As equipas vencedoras de cada prova regional serão convidadas a integrar a prova final nacional, onde irão cozinhar novamente a sua ementa proposta de primavera/verão.

 

Provas regionais e final

Escalão 2: 2º e 3º ciclos do ensino básico
Escalão 3: ensino secundário, profissional e universitário
(cada escola pode concorrer no máximo com uma equipa por escalão)

Constituição das equipas
Cada escola seleciona uma equipa que poderá ser constituída por grupos constituídos com o mínimo de 2 e o máximo de 4 alunos, e 1 a 2 adultos (professores ou outros elementos da escola). Cada equipa poderá então apresentar na prova o máximo 6 elementos. Os alunos terão de fazer todos os procedimentos para elaboração dos seus pratos, os professores ficam apenas a supervisionar a prova.

Ingredientes
Cada equipa deverá trazer todos os ingredientes que necessita e cozinhar a ementa proposta de primavera/verão, sendo responsável pelo transporte, acondicionamento e estado de conservação dos seus ingredientes.

Duração da prova
A atividade no total deverá ter cerca de 4 horas, na qual os alunos deverão elaborar o menu completo (entrada, prato principal, sobremesa e bebida) no máximo de 3h, seguindo-se a avaliação do júri, provando cada uma das confeções do menu de cada equipa, devidamente empratado).

Regras de higiene e segurança
Os alunos que irão prestar provas e os respectivos professores que irão supervisionar deverão cumprir regras de higiente e segurança nas cozinhas, nomeadamente:
– Utilização de calçado fechado e antiderrapante (ex: sapatilhas)
– Utilização de calças de ganga
– Utilização de avental
– Utilização de barrete ou touca
– Todos os alunos (independentemente do sexo) que tenham o cabelo comprido deverão usar o cabelo preso, além de terem igualmente de usar barrete ou touca.

 

Prazos

As provas regionais decorrerão em entre março e abril; a nacional em abril.

 

Critérios de avaliação

Os pratos confecionados nas provas eco-cozinheiros serão avaliados de acordo com os critérios:
– Exequibilidade em cantinas escolares
– Nível de organização da equipa (divisão de tarefas, higiene, desperdício, técnica)
– Empratamento e estética (ex: cor)
– Grau de cozedura, textura, combinação
– Sabor/paladar
– Valor nutricional e sustentabilidade do menu

 

Prémios

Provas regionais – Vale de compras (Pingo Doce) para todas as equipas participantes nas provas, no valor de 35€.

Prova nacional – A definir.

 

Com o Apoio