Painel dos Alimentos | SAL

O objetivo do desafio “Painel dos Alimentos” é motivar a investigação sobre diversos aspetos dos alimentos diariamente consumidos pelos jovens, com o objetivo de sintetizar num “painel 3D” a afixar na parede da cantina/refeitório da escola essas informações.

Neste ano letivo 2019-2020, a informação específica relativa à quantidade de sal presente nos alimentos habitualmente consumidos pelos jovens é a investigação que se propõe a todos os participantes e às escolas de qualquer grau de ensino, para realização do “Painel de alimentos | Sal”.

Este desafio envolve a realização de um questionário na turma e/ou escola sobre quais os alimentos que os jovens mais consomem, dentro e fora da escola. Dos alimentos mais frequentes, deve ser selecionado um conjunto de pelo menos seis, para a elaboração do painel.

 

Metodologia

Para a elaboração do painel é necessário:
– a leitura do rótulo nutricional dos alimentos selecionados;
– a investigação de informação nutricional (ver tabela de composição de alimentos do Instituto Dr. Ricardo Jorge);
– a investigação sobre o impacto negativo do consumo excessivo de sal na saúde;
– o cálculo da quantidade total de sal, por embalagem ou alimento representado;
– a representação gráfica da quantidade de sal. Exemplo: através de colheres de sobremesa.

A conceção, design e apresentação do painel é da responsabilidade da escola recomendando-se, tanto quanto possível, a reutilização de materiais na sua elaboração.

 

Submissão a concurso

O painel deverá possuir dimensões superiores a 1m2 e deverá ser afixado na escola, na área de refeições, ou num local próximo.

Informação solicitada na submissão do trabalho a concurso:
a) Resultados do inquérito e alimentos selecionados;
b) Memória descritiva com as características do painel: dimensões, materiais utilizados, local onde está afixado;
c) Registo fotográfico: 4 a 6 fotografias que evidenciem o painel (vista geral e detalhes), o local onde está afixado e o grupo envolvido na sua construção.

 

Prazos

O prazo limite para envio da informação através da plataforma das Eco-Escolas será 15 de maio para todos os escalões.

 

Critérios de avaliação

  • Qualidade da informação contida
  • Processo e envolvimento dos alunos
  • Criatividade e reutilização de materiais
  • Estética/efeito final

 

Prémios

A definir.