Trabalhos 2017

Escola Básica Professor Arménio Lança (Santiago do Cacém)

Atividade:  D - eco-lancheiras (para escalão 1: JI e 1º ciclo)

Escalão: 1º escalão: Jardins-de-infância e 1º ciclo do ensino básico

Opções das lancheiras:
outono/inverno
- 1 Iogurte líquido magro com aveia+2 Maçãs+1 Pão com sementes+1 fatia de queijo ou fiambre de peru.
- 1 iogurte sólido magro de aroma+1 pera+2/3 colheres de flocos de aveia (Partir a pêra em bocadinhos e misturar no iogurte com os flocos de aveia. Pode substitui-se os flocos de aveia por granola ou frutos secos).
- 1 maçã+leite magro+panquecas de aveia.
- meloa+sandes de pão integral com fiambre de perú+queijo babybel+batido de banana.
- torrada, romã e chá de frutos vermelhos.
------------------
primavera/verão
- 5 figos+1 bola de pão integral com queijo ou fiambre+2 bolachas de arroz e groselha+1 iogurte magro com aroma.
- leite magro+fruta (banana+uvas)+bolo integral de aveia e maçã.
- metade de 1 queijo fresco+1 pão com sementes+3 tomates cherry.
- pão de sementes com queijo fresco+melancia+batido de frutas.
- 1 bolinha de pão com sementes e fiambre+melancia aos cubinhos+1 sumo de laranja natural.

Materiais utilizados na construção do recipiente da lancheira:
Os materiais utilizados no exterior foram: folha de cortiça; folha eva de várias cores para formar os vários alimentos; pares de "olhos" colocados em alguns vegetais e cola.
Os materiais usados no interior foram: embalagens de vinho 5L.
A folha de cortiça foi cosida (com máquina de costura) à embalagem de vinho, para assim construir o exterior e o interior. A pega em folha de cortiça também foi cosida. Tudo isto dá ao produto final resistência e segurança de utilização diária. O fecho da lancheira é um botão metálico de casaco.

Envolvimento da comunidade / encarregados de educação:
A participação foi boa, com um total de 51 lancheiras criadas em um ambiente de 77 alunos (do 1º ao 4º anos). Naturalmente que as lancheiras criadas tiveram intervenção dos Encarregados de Educação na sua elaboração (recortes, colagens, etc) mas também envolveu avós e claro os próprios alunos, pois a lancheira também teve que obter a sua aprovação. Em alguns casos, a participação dos alunos foi mais ativa (alunos do 4º ano) do que os restantes.
Em todos os casos, existiu uma preocupação na reutilização de materiais e a construção da lancheira foi uma oportunidade de envolvimento de pais, filhos e avós.

Registo fotográfico: