Trabalhos 2018/2019

Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve


Atividade:  B - Painel dos Alimentos (para todos)

Número de participantes:
4

Idade média dos participantes:
21

Memória descritiva:
Resultados do inquérito
Foram obtidas 27 respostas após envio de formulário a todos os estudantes. Foi questionado o nº de alimentos que consumiam mais frequentemente (seleção de 6 opções a partir de 25 tipos de pescado diferentes).
As estatísticas de resposta foram as seguintes:
Bacalhau (20), Gamba e dourada (17), Salmão (16), Atum e Polvo (12), Pescada (10), Chocos e Robalo (9), Lulas, Carapau e Sardinha (8), Cavala (6), Amêijoa e Ostras (4), Peixe espada (3), Conquilhas e mexilhão (2), Lingueirão, Percebes e Maruca (1), Sargo, Cherne, Truta, Berbigão (0).
Espécies selecionadas: Salmão, bacalhau, dourada, gamba, polvo e atum
Origem geográfica
Salmão - Atlântico Nordeste
Bacalhau - Atlântico Nordeste e Atlântico Noroeste
Dourada - Atlântico Nordeste; Mar Mediterrâneo
Gamba - Atlântico Nordeste; Atlântico Centro-Oeste; Atlântico Centro-Este; Oceano Índico, Mar Mediterrâneo
Polvo - Atlântico Nordeste e Mar Mediterrâneo, Península Ibérica e nos Arquipélagos da Madeira e dos Açores
Atum - Atlântico Nordeste e Mar Mediterrâneo
Benefícios e malefícios do seu consumo:
Atum - Rico em proteína e ácidos gordos ómega – 3. Fonte de vitamina D, vitaminas do complexo B, potássio, fósforo, ferro e zinco.
Salmão - Rico em proteína, gorduras monoinsaturadas ómega – 3, vitamina D. Fonte de vitaminas do complexo B, potássio e fósforo.
Gamba - Rico em proteína, Reduzido teor em gordura Fonte de ómega – 3 e de vitamina D.
Dourada - Rico em proteína e ácidos-gordos ómega 3 Fonte de vitaminas do complexo B, vitamina D, potássio e fósforo
Polvo - Rico em proteína e ácidos-gordos ómega 3; baixo teor em gordura; fonte de vitamina A, C e Complexo B, potássio, magnésio, fósforo
Bacalhau - Rico em proteína; baixo teor em gordura; Fonte de Vitamina D, fósforo, potássio e magnésio e selénio
Em termos de benefícios, os lípidos que o contém (ómega-3) poderão ajudar no combate ao stress, aumentar a memória e concentração, proteger contra doenças neurodegenerativas, combater o envelhecimento, melhorar a visão, proteger em relação às doenças cardiovasculares,).
As vitaminas e minerais que possui poderão ajudar na saúde visual e dermatológica, funcionamento da tiróide, ação antioxidante do organismo e manutenção de ossos e dentes, bem como coagulação sanguínea, etc.
Em termos de malefícios à saúde, se for consumido em elevadas quantidades e se for pouco variado poderá causar efeitos nocivos devido à existência de contaminantes como os metais pesados (como por exemplo, mercúrio, cádmio ou chumbo), que poderão afetar diferentes mecanismos do corpo humano, principalmente os peixes de porte pesado e que navegam na profundeza dos oceanos (atum, por exemplo). Sendo assim, é aconselhável um consumo variado e em quantidades equilibradas. Além disso, as rações fornecidas aos diferentes peixes poderão afetar a sua composição que, por sua vez, afetam a do ser humano.
Sustentabilidade ambiental: As recomendações em termos de sustentabilidade fornecidas são: comprar pescado certificado (MSC ou ASC) ou marcas biológicas que indicam que o peixe tem certificação responsável e proveniente de uma pesca ou aquicultura sustentável, não comer peixe de tamanho inferior ao tamanho mínimo de captura para ajudar a repor o pescado nos mares; promover a diversidade de sabores para garantir uma pressão mais equilibrada sobre os recursos marinhos e a biodiversidade torna os ecossistemas mais fortes.

Anexos:

Características do painel:
Dimensões: 2,20m x 1m
Materiais utilizados: Rolhas (para título e peixes distribuídos pelo cartaz), conchas (coladas ao longo do cartaz), garrafa de água (para elaboração de peixe decorativo no cartaz), alcatruz, rede de pesca, caixa de plástico, cartão como material de fundo (anteriormente utilizado para outra atividade com outra cor) e lata de spray branca para pintar, papel reutilizado (elaboração de régua com tamanho mínimo de captura das diferentes espécies), placa de madeira e cortiça (para peixe decorativo junto ao alcatruz), papel reciclado para impressão de títulos, imagens, texto e logotipos, areia para decorar (colada com cola tipo batom), lâmpada reutilizada (olho de peixe), folha musgami com glitter (barbatanas de peixes) e folha de espuma de polietileno (caudas de peixes pequenos).
Local onde está afixado: Refeitório escolar, junto à zona do microondas e da tosteira.

Registo fotográfico: