Trabalhos 2019/2020

Escola EB1/PE com Creche Engº Luís Santos Costa (Machico)

Atividade:  Brigada da Cantina (todos os escalões)

Escalão: 1º escalão: jardins-de-infância e 1º ciclo do ensino básico

Aspetos analisados pela Brigada da Cantina:
No âmbito da área de cidadania e desenvolvimento, os alunos representantes da assembleia de alunos Eco-Escolas, desenvolveram, entre os outros desafios propostos pelo Programa Eco-Escolas integrado no tema “Alimentação Saudável e Sustentável “, designadamente a Brigada da Cantina. Este desafio foi proposto em Conselho Escolar aos docentes, aquando da apresentação e aprovação do Projeto” Bem Comer para Bem Viver”, integrado no Projeto Nutrifixe, e em reuniões de turma aos alunos, em virtude de o tema alimentação e atitudes e civismo serem metas a atingir no Projeto Educativo de Escola.
Este desafio foi realizado, em simultâneo, ao longo do ano letivo, com outros projetos desenvolvidos no âmbito escolar. Foi possível porque a coordenadora do Projeto “ Bem comer para Bem Viver” dispunha de uma hora para coordenação e algumas horas de vigilância na educação para a cidadania na cantina, bem como a equipa de pessoal docente e não docente de apoio na cantina, por si coordenada. Também, os restantes docentes, dispunham de pelo menos trinta minutos diários para aplicabilidade do projetos “ Hábitos Alimentares. Reunidas estas condições, a concretização das atividades decorreu da melhor forma, os alunos começaram a ter interesse pela missão do projeto, assim como, terem vontade em participar na sua dinamização.
A implementação da Brigada da Cantina começou por serem definidos os aspetos a serem trabalhados, nomeadamente, (re)educação dos hábitos alimentares, promoção dos hábitos de higiene das mãos antes e depois das refeições, avaliação do cumprimento das regras da cantina(respeito pelo espaço, material, colegas e todo corpo docente e não docente ), avaliação da quantidade de desperdícios alimentares e verificação dos restos e sobras de comida que são colocados nos recipientes corretos.

Envolvimento dos alunos e distribuição de tarefas:
Após reuniões, foi decidido que toda a comunidade educativa estava envolvida, mas apenas o representante da assembleia de alunos Eco-Escolas seria o responsável pelo preenchimento da check-list.
Durante o primeiro período, a sua atuação foi informal. A brigada, conjuntamente, com a sua turma, fizeram a análise dos alimentos que compõem a sua sopa diariamente, as cores dos alimentos de cada prato. Debruçaram-se sobre a forma como minimizar o desperdício alimentar e foram criadas estratégias para a diminuição de comida no prato. Durante as reuniões foi definido que a quantidade levada era adequada para a sua faixa etária e havia necessidade de fazer reeducação alimentar. Foi feita a sensibilização sobre a temática e colocados cartazes de sensibilização na cantina.
No segundo período, os alunos tiveram um cartão de identificação, depois da distribuição das tarefas, dando início às suas funções.
De acordo com os objetivos principais, estas equipas têm como principal objetivo: verificar a higiene das mãos antes e depois das refeições; verificar se comem a sopa, assim como, explicar a importância de uma refeição completa; verificar se os alunos comem a fruta assim como explicar a importância de comer fruta com casca. Estas sensibilizações têm como objetivo combater o desperdício alimentar e incentivar a reeducação alimentar.
Além disso, a brigada verificou os níveis de ruído à hora do almoço, promovendo a sensibilização para a sua diminuição através de sinaléticas colocadas no refeitório. Sensibilizando os seus colegas para o tão importante quanto comer alimentos saudáveis, é fazê-lo num ambiente adequado. Zelaram pela preservação, conservação e asseio das instalações da cantina, material didático existente, utensílios e mobiliário.
O grau de envolvimento dos alunos foi fantástico, assim como o cumprimento das tarefas e dos objetivos.

Divulgação à comunidade educativa:
Foi divulgado à comunidade através dos alunos e na apresentação do projeto na reunião “ Dia Aberto”. Assim como, através de informações lançadas na página da escola/ facebook.
Após análise atenta dos resultados obtidos os alunos propuseram a implementação de cartazes de sensibilização com o objetivo de minimizar/ solucionar os problemas detetados.
Neste âmbito decidiram decorar a cantina com cartazes e o semáforo alimentar e informações sobre o benefício de uma alimentação saudável e equilibrada recorrendo ao uso de ervas aromáticas. Este momento foi crucial para a criação do Cantinho Bio na cantina.

Registo fotográfico da brigada em ação:

Anexos: