Trabalhos 2021/2022

Jardim de infância da Castanheira (Águeda)

Atividade:  A Viagem dos Alimentos (1º escalão)

Escalão: 1º escalão: jardins-de-infância e 1º ciclo do ensino básico

Memória Descritiva:
O diálogo surgiu na refeição do almoço a partir da pescada com uma adivinha sobre a mesma, daí surge um diálogo que teve continuidade após o almoço e onde foi colocada uma pergunta às crianças: COMO CHEGA O PEIXE AO NOSSO PRATO? as respostas foram desde a mãe que cozinhou até ao supermercado. A partir do nome do peixe de que se gostava ou não de comer, foi questionado que nomes de peixes existiam e onde viviam. As crianças só conheciam a sardinha, o salmão, e incluíram o polvo. Nova questão o bacalhau não é um peixe? Não respondem. O atum não é um peixe? Não, respondem. Foi-se pesquisar nomes de peixes e descobriram que o atum e o bacalhau eram peixes. Viram-se vários vídeos sobre peixes. Dialogou-se sobre o nome de outros peixes, tipos de peixes que se podia comer no rio ou no mar (peixe que vivem em água doce e salgada), a importância do bacalhau para os pescadores portugueses, como se pode conservar o peixe, os benefícios do peixe na alimentação e as formas de pesca, o cuidado que tem que se ter na pesca para o peixe não acabar (proteção das espécies) e o que acontece aos seus resíduos embalagem que levam o peixe para nossa casa e forma de os reduzir. No seguimento foi realizada uma visita ao Museu Marítimo de Ílhavo (observar o bacalhau no aquário), ao mercado do peixe da praia da Costa Nova e Praia da Vagueira, onde as crianças observaram os peixes e dialogaram com as peixeiras. Não foi possível observar a pesca varina, mas foi possível visitar, uma loja só de conservas, no centro de Aveiro. Depois foi proposto fazer-se uma história a partir do que se tinha descoberto sobre a forma como o peixe chegava à nossa mesa e surgiram duas histórias. As crianças selecionaram os peixes que entravam na história, o local onde ocorria a história e a partir daí a história foi sendo construída com as ideias que iam surgindo. No final cada criança desenhou a história para a ilustrar, mas como ninguém prescindia do seu desenho foi ideia de uma criança colocar um bocadinho de cada desenho e fazer um só. E assim foi, escolheram os desenhos e depois em computador as imagens foram trabalhadas no paint e powerpoint. No final foi escolhida uma história por votação. Para concluir a atividade construíram-se peixes com tecidos reutilizados e foi feita uma exposição artística no exterior do Jardim, entre outros trabalhos.

Digitalização de cada uma das páginas das história: